Tipo mídia de surf, só que mais legal

A difícil tarefa de escolher quilhas

A difícil tarefa de escolher quilhas

Quilhas… Quilhas?
Não tem como não tê-las!
Mas se são tantas
Como sabê-las?

O bom e velho Vinícius chegou aqui pra inspirar mais um poema enjoadinho porque o assunto de hoje é capaz de deixar qualquer um perdidinho da silva. Quilhas removíveis existem desde 1951, quando o shaper havaiano George Downing criou a primeira caixa de quilha em uma prancha de madeira. Dali pra frente, muita história rolou de maneira nada linear até chegar à aparente profusão infinita de opções que existe hoje.

Mas para encurtar a história, quando fabricantes de quilhas popularizaram a praticidade dos setups removíveis para as triquilhas, solucionaram alguns problemas práticos para os surfistas e criaram um problemão comercial para elas mesmas. Se hoje o surfista, consumidor final, pode comprar um jogo de quilhas e usar esse mesmo setup em mais de uma prancha, isso poderia significar, no longo prazo, uma queda brusca nas vendas.

E os caminhos para manter a indústria sustentável, todos sabemos, passa também pela capacidade de criar desejo. Por isso, nesse episódio do Surf de Mesa, Junior Faria, Carol Bridi Rapha Tognini buscam um ponto de equilíbrio entre as questões técnicas e comerciais para falar sobre a forma como todos lidamos com a escolha de quilhas hoje em dia. Mas podemos adiantar: pode ser menos complexo do que parece.

Se você também sofre daquela angústia calada pelo sentimento de não ter ideia do que quer ou precisa para encaixar na sua prancha, dá o play aqui e vem acalmar seu coração.

 

Apoie o Surf de Mesa no Catarse
Além do Spotify, você também pode ouvir o Surf de Mesa nas plataformas Apple Podcasts, Google Podcasts, Deezer e Spreaker.
Já conhece o outro podcast da Flamboiar?  VA surfar GINA é o podcast para quem saber mais sobre o surf feito por mulheres.