Tipo mídia de surf, só que mais legal

Adriano de Souza e as atitudes que definem o surf

Adriano de Souza e as atitudes que definem o surf

Hoje, quinta-feira 23, às 12h, começou o primeiro round do Campeonato Bico Branco. Um campeonato online exclusivo para surfistas brasileiros profissionais sem patrocínio principal. A iniciativa, realizada e patrocinada por um grupo de surfistas brasileiros do CT, surgiu de uma conversa casual entre Adriano de Souza e o treinador Leandro Dora, o Grilo. Filipe Toledo, Yago Dora, Peterson Crisanto e Miguel Pupo remaram junto.

Por aqui, arriscamos cogitar que este possa vir a se tornar um marco na história do surf nacional. Afinal, basta olhar para ver. A atitude unida de surfistas profissionais não deixa dúvidas de sua força, uma vez que, de certa forma, chama para si a função de tentar segurar a onda de quem ficou sem eira nem beira após o congelamento dos eventos de surf. Talvez não seja loucura se perguntar: Seria esse um exemplo capaz, até, de fazer frente à inação de um mercado que já vinha dando sinais de apatia bem antes de encontrar um vírus para se justificar?

É por isso que esse episódio do Surf de Mesa orgulhosamente apresenta uma conversa e tanto com Adriano de Souza. Afinal, para falar sobre atitudes e possibilidades, ninguém melhor do que o surfista que teve papel fundamental no status atual do surf brasileiro. Mineiro falou ainda sobre as possibilidades de 2020 na WSL, futuro do surf no Brasil, resultado como combustível e diversão, patrocínio de marcas brasileiras e bem mais. Para entrar nessa conversa, dá o play e vem:

Além do Spotify, você também pode ouvir o Surf de Mesa nas plataformas iTunes, Google Podcasts, Deezer e Spreaker.

Quer contribuir com a rifa Onda do Bem, organizada pelo Mineiro?

 

Já conhece o outro podcast da Flamboiar? SURF ZINE repercute as principais notícias e dicas do surf na semana para quem quer chegar bem informado no lineup.