Tipo mídia de surf, só que mais legal

As desculpas que inventamos para surfar

As desculpas que inventamos para surfar

Dia desses, o surfista Kurtis Loftus, de 60 anos, virou notícia ao atingir a incrível marca de 638 ondas surfadas em 33 horas na praia de Jancksonville, na Flórida, no que ficou conhecida como a sessão mais longa de surf. Festejado pela família, pelos amigos e noticiado pela TV local, o novo recorde de Kurtis, que já era detentor do recorde anterior, acabou caindo na rede e alcançando os quatro cantos do mundo surfístico. Mas o que chamou atenção mesmo por aqui foi a causa por trás desse incrível sacrifício.

Kurtis é fundador do Deck The Chairs, uma entidade sem fins lucrativos que estimula a arte e a auto-estima da comunidade local através de uma exposição anual de cadeiras de salva-vidas decoradas e iluminadas em motivos natalinos. Houve quem noticiasse por aí que a causa beneficiava iniciativas da Cruz Vermelha, mas não. Eram apenas cadeiras mesmo. O grande sacrifício assumido por Kurtis tinha como única e exclusiva meta arrecadar fundos para decorar cadeiras.

Não é bonito como encontramos motivos para surfar mais e mais? Inspirados pelo espírito altruísta de Kurtis, Junior Faria, Carol BridiRapha Tognini mergulham nos motivos e desculpas mais comuns que surfistas inventam para justificar uma simples e despretensiosa vontade de surfar. E se questionam: Precisa justificar?

Deixe de lado a culpa, as desculpas (pra surfar ou pra não surfar), e dê logo o play aqui nessa grande causa:

 

Apoie o Surf de Mesa no Catarse
Além do Spotify, você também pode ouvir o Surf de Mesa nas plataformas Apple Podcasts, Google Podcasts, Deezer e Spreaker.
Já conhece o outro podcast da Flamboiar?  VA surfar GINA é o podcast para quem saber mais sobre o surf feito por mulheres.